sábado, 10 de outubro de 2015

Capítulo 108

 No dia seguinte.

Van- OH MY GOD! – a morena pôs a mão no rosto enquanto estavam passando na frente do parque para irem até o estacionamento. – Como é lindo! – com os olhinhos brilhando.

Zac- Sim... – ele sorriu animado ao ver a forma alegre que ela falava.

Van- Estaciona logo, mal posso esperar pra entrar! – ela dizia afobada.

Zac sorriu e estacionou o carro com um pouco de dificuldade, por ser domingo o parque estava cheio.

Logo os dois entraram.

Van- Ai meu Deus! – ela sorriu. – É DEMAIS! – disse o puxando para um beijo rápido. – Vamos brincar amor!

Zac- Opa... – ele mordeu o lábio malicioso. – Brincar de que?

Van- Não seu tarado! – lhe deu um pedala, rindo. – Vamos a um dos brinquedos!

Zac - Ok, em qual quer ir primeiro? – ele disse caminhando, e a abraçando pela cintura.

Van - Naquele! – a morena apontou, era um brinquedo que ia a uma altura gigantesca, depois despencava em alta velocidade.

Zac- Ok... – ele riu. – Só não vai se borrar de medo. – ela o encarou, perplexa, enquanto iam pro brinquedo.

Van- Eu já fui em um desses no Beto Carreiro tá bem? – ela mordeu o lábio. Ele assentiu enquanto colocava o fastpass no caixa automático.

Zac- Não sabia que você já tinha ido a Santa Catarina. – disse pegando os dois tickets.

Van - Pois é, eu tenho uma parentada por lá. – ela sorriu. – Mas o de lá é bem menor... – mordeu o lábio, excitada. – Esse aqui é gigante.

Zac- Verdade, é altíssimo. – ele olhou o ticket. – Vamos esperar daqui a dez minutos é a nossa vez. – disse abraçando por trás.

Van- Ai amor, vai cair agora... – ela mordeu o lábio olhando pra cima. O brinquedo despencou e o povo que estava nele gritou com animação. – Que foda!

Zac- Não tem medo de cair? – ele perguntou, sussurrando no ouvido dela.

Van - Obvio que não. – ela sorriu. – Vamos amor, já é a nossa vez! – disse empolgada arrastando zac .

Os dois ficaram dando beijinhos enquanto iam entrando, chegou a vez deles e zac colocou os tickets na maquina e os dois entraram no brinquedo, ficaram lado a lado.

Van- Está com medo amorzinho? – ele sorriu, vendo-a abraçar a proteção.

Zac- Não estou com medo, mas também não quero despencar lá de cima. – riu.

Depois de alguns minutos o brinquedo começou a subir.

Van- Subindo, subindo... – ela assoviou. Uma garota começou a chorar ao seu lado. – O que foi minha filha? – ela perguntou erguendo a sobrancelha. – Ah esqueci que não estou nos estados unidos. – bateu na testa.

Zac - Tá falando com quem  vanessa? – zac perguntou.

Van- Essa francesa está chorando aqui do meu lado. – a morena rolou os olhos e zac riu.

- Sou francesa, mas falo inglês ... – ela fungou com um sotaque carregado.

Van - E por que está chorando? – vanessa perguntou confusa.

- Tenho medo de altura. – tapando o rosto com as mãos.

Van- Ai minha nossa... – vanessa negou com a cabeça. – E o que está fazendo aqui se tem medo de altura? – disse observando que estava altíssimo.

- Não sei... – voltando a chorar. – Eu quero descer daqui. – olhando ao redor. – I DO NOT WANT TO DIE, HELP! – berrou.

*Tradução: Eu não quero morrer, ajuda!

Van- Que porra é essa? – vanessa gemeu, entendendo o inglês afobado da moça. – Você não vai morrer minha filha. – rolou os olhos e sorriu para zac, deixando a chorona de lado. – Olha amor, que vista linda! – ela disse observando a bela vista que tinha da capital Francesa, era sem duvidas o lugar mais lindo que ela já esteve um dia, jamais iria esquecer isso.

Zac- Vamos despencar amor... – ele riu.

Van- Sim! – dizia sentindo a adrenalina em suas veias. O brinquedo despencou com toda a velocidade. – UHUUUL! – sentia o vento na sua cara e ria a toa. Era demais!

Em poucos minutos o brinquedo chegava ao chão.

Van - Que máximo! – ela sorriu, enquanto um funcionário a ajudavam a destravar o assento. – Estou toda descabelada. – se levantou arrumando os cabelos.

Zac- Nossa, que loucura... – ele levantou também.

Van- Essa mulher é meio doida... – disse apontando discretamente a gringa, que corria aos prantos para abraçar um homem, que parecia ser seu pai. De repente ela deu um beijo na boca do homem. – É realmente ela é louca! – os dois riram enquanto caminhavam. – Olha o Pateta! – ela apontou com os olhinhos brilhando. – Vamos tirar foto com o Pateta, meu amor!

Zac - Você vai, eu não vou pagar esse mico.

Van - Tá bom, mas vamos lá que eu vou tirar muitas fotos com ele. – o arrastando

Zac- Vamos meu amor... – ele riu.

Os dois caminharam até o pateta, que os recebeu com alegria. Falava inglês e Vanessa ficou enchendo seu saco durante cinco longos minutos enquanto tirava fotos com o mesmo. Zac odiava tirar fotos com esses desenhos toscos, mas parecia que vanessa estava adorando.

Van- Não acredito que o Pateta fala inglês ! – ela dizia excitada enquanto caminhava tomando um milk-shake.

Zac- Meu amor, ele fala todas as línguas possíveis. – disse apertando a mão dela, contra a sua. Juntando-a consigo.

Vários homens ficavam olhando vanessa, com um olhar malicioso..A morena usava um short jeans, com uma blusa azul. Enfim, a roupa deixava os seios e as pernas e bumbum avantajados da morena em evidencia.
(Ignorem o cabelo loiro)

Ele não estava gostando nada dos olhares,  vanessa parecia não se dar conta, pois estava entretida demais com as atrações do parque, mas ele já tinha se dado conta há muito tempo e estava com ciúmes.

Van - Sério? – ela arregalou os olhos. – Então pra ser um Pateta tem que ter um currículo e tanto. – ela assoviou, tomando outro gole do seu milk-shake. – Amor vamos no carrossel? – ela pediu mordendo o lábio.

Zac- Carrossel vanessa? – ela assentiu. – Isso é coisa pra crianças meu amor.

Van - O que tem? – olhando o carrossel com um sorrisinho. – Vamos amor, só enquanto eu termino o milk-shake...

Zac- Ok. – ele disse vencido.

Os dois compraram o passe, e entraram no carrossel.

Van- Olha só que legal... – disse apoiando a cabeça no ombro dele, enquanto tomava o milk-shake. – Viu como não é tão mal?

Zac- Só você mesmo pra me obrigar a andar nesse troço... – disse sorrindo e lhe dando um beijinho.

Van- Te amo... – ela murmurou.

Zac- Também, meu amor... – lhe deu outro beijo.

Saíram do carrossel e ficaram passeando pelo parque, tiraram fotos com varias figuras: Pluto, Rei leão, Minnie, Donald, Cinderela, Fera... Vanessa estava louca atrás do Mickey, segundo ela não sairia do parque até acha-lo, e tirar uma foto. Andaram em diversos brinquedos, compraram orelhinhas do Mickey, estavam se divertindo muito, como duas crianças.

Zac- Olha ali vanessa... – zac apontou. – A namorada do Donald, como é o nome dela? – perguntou confuso.

Van- Margarida. – riu. – Ela está chamando a gente pra montanha russa.

Zac- Quer ir? – ele perguntou.

Van- O que acha? – ela ergueu a sobrancelha.

Zac- Vamos... – disse a arrastando pela mão.

Van - Amor, ela está nos chamando... Não é estranho? – disse no ouvido dele, com voz dramática. – Vai que seja uma armadilha de satanás? – se segurando pra não rir.

Zac- Como assim armadinha de satanás? – ele a encarou desconfiado.

Van- Sei lá, você sabe que a Disney tem pacto com o tinhoso. – fez um biquinho e apontou pra baixo, discretamente. Zac fez uma careta engraçada.

Zac- E você acredita nisso?

Van - Oh sim... – ela riu. Zac olhou para os lados, morria de medo dessas coisas. Vanessa sem aguentar mais começou a rir.

Zac- Qual é a graça? – ele arregalou os olhos.

Van- É brincadeira meu amor... – rindo e dando vários selinhos nele. – Não acredito em nada disso. – piscou.

Zac- Mas será que é verdade? – ele encarou o cartaz da Disney.

Van - Claro que não meu amor. – rolou os olhos. – Vamos lá com a Margarida. – o pegou pelo braço e o arrastou até lá.

Vanessa tirou fotos com ela, e depois compraram o ticket para andar na montanha russa, ficaram por ali namorando enquanto esperavam sua vez.
Assim que entraram na montanha russa, os dois sentaram-se com a ajuda dos funcionários, que organizavam as travas de segurança. O brinquedo começou a andar.

Van- Amor, quando nós tivermos um filho, vamos trazê-lo aqui não é? – ela o encarou.

Zac- Claro, quando ele tiver idade o suficiente. – piscou.
Vanessa sorriu e apertou a mão dele... O passeio na montanha russa foi incrível, os dois saíram da mesma, rindo como dois doentes.

Zac- Vamos comer, eu estou morrendo de fome... – ele resmungou. – Tem um Mc Donald, bem ali... – apontou.

Van- Vamos amor. – os dois caminharam abraçadinhos até lá. – Tá todo assanhado. – acariciando o cabelo do loiro.

Chegaram ao Mc Donald e fizeram os pedidos, logo arrastaram as bandejas até uma mesa afastada.

Van- Ai... – ela deu um gole no refrigerante. – Nem nos meus sonhos mais íntimos iria imaginar que um dia estaria em um lugar como esse. – ela sorriu. – É tudo tão incrível. Digo, pra quem tem uma vida financeira limitada como eu... – ele sorriu dando uma dentada no sanduiche. – Amor, você nasceu em berço de ouro não é? – ele encarou a morena.

Zac- Pois é... – ele suspirou. – Eu sempre tive tudo o que eu quis. – deu de ombros como se aquilo não importasse muito. – Sempre tive todos os brinquedos que eu queria, ia pra onde eu queria, tinha tudo o que um garotinho podia querer.

Van- Deveria ser muito legal. – ela disse.

Zac- Não... – negou com a cabeça. – Apesar de tudo o que eu tinha, eu era uma criança infeliz... – mordeu o lábio com a cabeça baixa, Vanessa  o encarou, confusa. – Meus pais nunca se deram bem, viviam brigando e brigando... Minha mãe engravidou de mim pra prender meu pai com ela, e ela disse isso pra mim quando eu tinha oito anos, que eu só tinha nascido pra ela se dar bem na vida.

Vanessa  engoliu o seco, não sabia de nada disso.

Zac- Mas ela já me pediu desculpas por isso, me pediu perdão, eu perdoei, mas isso ficou na minha cabeça pra sempre. Minha mãe é uma mulher muito superficial, apesar de eu ama-la muito esse é um defeito dela que eu não consigo tolerar, ela gosta de humilhar as pessoas, é uma pessoa arrogante, fala e faz coisas absurdas. Quando eu era adolescente ela controlava meus namoros, amizades...

 

       Comentem!!!!
     Xoxooo

2 comentários:

  1. Aah postaaa maiss logo por favor ta perfeito o capitulo. Bjoss

    ResponderExcluir
  2. tadinho do Zac
    amei o capitulo
    posta mais,xoxo

    ResponderExcluir